صور الصفحة
PDF
النشر الإلكتروني

APONTAMENTOS

SOBRE

AS RELAÇÕES DE PORTUGAL COM A SYRIA.

NO SECULO 12:

LIDA NA SECÇÃO DE 27 DE OUTUBRO DE 1853

POR

JOSÉ BARBOSA CANAES DE FIGUEIREDO CASTELLO-BRANCO.

Socio Effectivo da Academia Real das Sciencias de Lisboa:

[graphic][ocr errors][merged small][merged small][merged small]

Crus180.1

Harvard College Library

Riunt (odnotion Git at J. Redelih (odliige and Articoli cury (orage

Feb. , live

APONTAMENTOS

SOBRE AS RELAÇÕES DE PORTUGAL COM

A SYRIA NO SECULO 12.o

[ocr errors]

Lidos na Sessão de 27 de Outubro de 1853

POR

JOSE' BARBOSA CANAES DE FIGUEIREDO CASTELLO BRANCO.

INTRODUCÇÃO.

LXAMINANDO as Memorias da Real Academia de Historia de Madrid com destino de cumprir um dos deveres, que me impõe a seccão, a que tenho a honra de pertencer, deparei no tomo 5. dellas com uma Dissertação Historica de D. Martinho Fernandes de Navarrete sobre a parte, que os Hespanhoes tiverão nas Cruzadas, e acerca da influencia destas na extensão do commercio maritimo e nos progressos da arte de navegar. Este trabalho é, na verdade, tão util e tão profundo como todos os daquelle illustre Academico; mas, apesar disso, não posso acommodar-me, ao que elle em tres logares escreveu: primeiramente deixou duvidosa a expedição do Conde D. Henrique á Terra Santa nestas palavras « es muy natural que si el Conde tuvo parte en esta primera cruzada v depois aceitou sem exame a má interpretação de Manoel de Faria e Sousa, e Alexandre Ferreira, á obra de Guilherme de Tyro fazendo Portuguezes alguns Cruzados, que estavão bem longe de o ser: por ultimo disse, que em Portugal não se conheceu a Cruzada, senão depois do meado do seculo 15.', quando Mahomed II conquistou Constantinopla e todo o Imperio do Oriente; e sob o testemunho do proprio Manoel de Faria e Sousa affirmou, que

« السابقةمتابعة »